quinta-feira, 18 de junho de 2015

Nova era no futebol luso?

   Notícias de hoje referem a despromoção de Marco Ferreira e provável perda de insígnias da FIFA, por tentativa de coação de um observador ao jogo Porto-Setúbal, no qual passou sem sanção, uma falta passível de grande penalidade contra os azuis. Consta que Marco Ferreira terá tentado demover o observador de o referir no relatório.  
 
   Oxalá a notícia se confirme visto que Marco Ferreira, pelo que tem feito nos últimos tempos, revela falta de competência grosseira, ou, sabe-se lá o quê! No último campeonato quase que decidia o campeão!, seis pontos perdeu o Benfica nos jogos arbitrados por tal personagem; contra o Braga e contra o Rio Ave, ambos com vários incidentes penalizadores para os da Luz.
 
   Quem supervisiona a arbitragem tem de ter em conta que os tremendos esforços dos Dirigentes e adeptos dos clubes para os manter competitivos, não podem ser defraudados num ápice, pela incompetência de quem tem por missão fazer cumprir com isenção e zelo as regras do jogo. E não me venham com a história de que errar é humano. É sim senhor, mas quem comete erros grosseiros e graves, seja em que área for, deve baixar de escalão ou sair do setor.
 
   Há décadas que o futebol necessita de uma limpeza, de alto a baixo; pode ser que seja desta, uma vez que o próprio Presidente da FIFA caiu do seu pedestal.

Sem comentários:

Enviar um comentário