terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Post de 09.02.10

Porto-Benfica

Resultado 1-1; vi o resumo, li e ouvi comentários vários. Jogo consistente e eficaz do Benfica, que se apresentou com maior coesão táctica, criando várias oportunidades de golo adicionais. Porto habitual, sem conseguir, desta feita, despir o “colete” que o “Benfica lhe vestiu”. Mal, muito mal o Sr Pedro Proença, ao assinalar uma grande penalidade, mais uma, na sequência de errada apreciação de lance que ocorreu no bico direito da área do Benfica, entre Yebda e Lisandro, conforme opinião da generalidade dos comentadores desportivos “oficiosos”. Pois, só à conta do Sr Proença, já lá vão quatro pontos, de que resultaria um avanço actual de cinco pontos relativamente ao FCP; e dizem que é benfiquista! Tudo rapaziada inteligente, a começar pelo González, que o afirmou aos adeptos com gestos ilustrativos!

Contudo, a sensação com que fico é que, este Benfica passou “o seu Bojador”; confirmou-se que tem estofo de campeão. Sobem os níveis de confiança, aprimoram-se os processos tácticos e sobe o desempenho individual de vários atletas que ainda não atingiram o topo da forma. Temos Benfica para discutir o título nas quatro linhas; porém, há que continuar, implacavelmente, com idoneidade e frontalidade, a denunciar as “trafulhices” do costume activando os dispositivos legais aplicáveis. Afinal, trata-se de saber se o FCP é ou não o campeão oficial do regime!

Parece que a PSP do Porto deu mais uma demonstração de autonomia ao dificultar, por excesso de zelo, o acesso ao jogo de milhares de adeptos benfiquistas que só entraram no estádio no final da primeira parte, contrariamente ao que tem acontecido à claque azul sempre que vem a Lisboa; entra superprotegida a horas, agride os outros adeptos e ainda são imputadas responsabilidades ao clube anfitrião. O que terá o Ministro da Administração Interna a dizer? Tudo rapaziada inteligente!

Sem comentários:

Enviar um comentário