sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Benfica-Académica (3-1 Taça da Liga)


 
 
Não sei ao certo quantos jogadores de futebol sénior tem o Benfica.Talvez 45/50 entre as duas equipas. Parece-me hoje clara e justificada a estratégia de contratações que antes me parecia absurda. Este plantel alargado, sujeito à verticalização das dinâmicas de jogo adotadas, constitui a base de construção da equipa principal, reduzindo o tempo de entrosamento, aumentando a flexibilidade da equipa, diversificando as soluções táticas, incrementando a estabilidade desportiva,  proporcionando a renovação progressiva e, no médio prazo, uma redução dos custos de contratação.
 
Muitos criticaram o excesso de contratações sem justificação à vista, devido a vários fracassos mais evidentes. Estes continuarão inevitávelmente a ocorrer, tendencialmente com menor frequência dada a natural "afinação" da área da deteção e recrutamento, área esta com peso estratégico decisivo na sustentabilidade dos clubes de futebol atual. Estruturar este plantel alargado é tarefa muito delicada, na medida em que deverá contemplar resposta para todos os setores da equipa e um escalonamento etário que permita responder à inevitável e sempre crítica renovação.
 
Esta foi uma medida de gestão estratégica de grande alcance, que deverá ser creditada aos dirigentes do meu clube e que, não tenho dúvidas, o conduzirá a superior patamar competitivo, compatível com o seu formidável historial desportivo do Benfica. O esforço efetuado para manter a atual equipa técnica proporcionou a estabilidade sem a qual isto não seria possível. Fomentar instabilidade a todos os níveis é a estratégia dominante dos nossos adversários, complementada com o tal negócio da fruta.
 
Ocorreu-me isto dada a forma tranquila e eficaz com que a equipa técnica e os atletas têm ultrapassado todas as sucessivas dificuldades que se têm verificado. Tal traduzir-se-á em ganhos de confiança, induzindo instabilidade nos adversários ao perceberam ineficazes os tradicionais métodos de desestabilização que utilizam.
 
O resultado deste trabalho esteve patente neste jogo, pela quantidade de atletas  menos frequentemente utilizados e pelo resultado obtido.
 
Desde que o vi jogar no clube criei espetativas elevadas relativamente a Kardec; bom porte atlético, boa técnica de remate - dois pés? -, sobretudo,  exímio cabeceador; ao nível das grandes tradições do clube neste particular. Pareceu-me ter dificuldade em pisar o terreno a preceito; parece inconsequente sem e com bola. Marcou um golo muito oportuno - o passe do "João", como habitualmente, foi fabuloso - e a assistência para o 2º do Lima foi soberba. Em ambos os lances apareceu no sítio certo, com a visão correta e o gesto técnico adequado. Parabéns, Reganhei a espetativa inicial e estou convicto que Jorge Jesus vai fazer dele um jogador de categoria. Paciência, inteligência e perseverança são os atributos necessários. Oxalá não faltem.
 
Passes a rasgar e meia distância são duas características de André Gomes que muito me agradam, até porque são apanágio das equipas do Benfica ao longo dos tempos. Há que continuar com humildade e galhardia.
 
Rodrick voltou e necessita de jogar para desenvolver e consolidar as qualidades que sabemos que tem.
 
Lima esteve soberbo e, não tarda, terá o seu hat-trick.
 
Já Bruno César está claramente desmotivado por ver o comboio a fugir. Não desanime. Ponha as suas enormes qualidades no terreno, trabalhe, atente à orientação do Treinador e melhores dias virão. O Benfica é um clube de inveterados lutadores.
 
Não me pareceu mal a equipa de arbitragem, contráriamente aos comentadores, que estiveram desastrados, reinventando os factos, eventualmente, por imposição editorial. 
 
Dados os antecedentes, temi o pior. A Académica é um clube satélite dos "brancos" que, tradicionalmente, beneficia de erros grosseiros de arbitragem, nomeadamente contra o Benfica. Receava uma razia, mas, felizmente, enganei-me.
 
Mas não me engano na convicção de que, com equipas jogando em 45 metros do relvado, o futebol português não tem futuro.  Tal foi o caso deste adversário e de muitos dos anteriores. Quem trata de resolver este assunto?
 
AB
 

Sem comentários:

Enviar um comentário