sábado, 30 de março de 2013

A Reta da Meta!

O Benfica arranca em vantagem na ponta final do Campeonato, que se reinicia hoje após mais uma paragem idiota imposta pelo calendário das seleções, que nos deixou três titulares em dúvida para o jogo de hoje; Cardozo, Máxi e Enzo.  
 
Revelando um significativo salto organizativo proporcionado pela estabilidade e competência da Direção Desportiva e da Equipa Técnica, o meu clube tem superado todas as malfeitorias e demais contrariedades que se lhe têm deparado, muitas delas, estou convicto, induzidas pela Praga Azul que não é capaz de ganhar sem espúrias habilidades, por maior que seja a qualidade da sua equipa.
 
A prudência, tem caracterizado os comentários  Benfiquistas, receosos das armadilhas que  poderão surgir. Armadilhas  que têm nome e rosto; proença, soares, elmano, xistra, costa, etc, sem as quais, o seu clube, disporia de mais quatro pontos conquistados no terreno de jogo.
 
Tal não constitui razão bastante para sustentar o discurso da excessiva humildade, do; "ainda não ganhámos nada", "vamos a ver", "se algo correr mal",  "nada de euforias"! Um discurso próprio de "campeãozinho medroso; "porque há muito desgaste físico nesta altura", "porque o desgaste emocional é muito grande", "ai jasus que ainda podemos ser campeões", "são jogos a mais", como quem diz; "não reparem em nós que até podemos não ganhar!
 
Chega de paleio da treta! É na reta final que o piloto mete prego a fundo! É agora! É agora que o campeão se afirma, olhos nos olhos, concentrando em cada instante todas as competências de todos os que, no terreno ou nos bastidores, travaram as batalhas até à última curva.
 
É hora de mostrar aos adversários e amantes do futebol que aqui mora o campeão, apesar da canalha que se lhe atravessará no caminho. É hora de soltar todos os demónios que caracterizam os vencedores; competência, talento, determinação, entreajuda, respeito e lealdade. É hora de Benfica!
 
Vamos a eles rapazes! Fogo à peça!
 
António Barreto 
 

Sem comentários:

Enviar um comentário