sábado, 31 de agosto de 2013

Sporting-Benfica (1-1)

Isto é que é penar, meus amigos, isto é que é penar!, ainda não encontrei solução para os jogos fora de casa!, limito-me ao rádio - RR - e ao resumo na BTV. Insuportável a antena 1!, parecia a rádio oficial do Sporting! Valha-me deus!
 
Afinal, o resultado da pressão inicial da equipa do Sporting traduziu-se num escasso tento em lance precedido de fora-de-jogo!, enfim, provávelmente, terá sido no preciso momento em que um alegado "kilováte" deve ter atingido os dois olhos do respetivo fiscal-de-linha! Já que não "devemos" protestar, talvez nos permitam a luxo da hilariedade.
 
Ainda na 1ª parte, a equipa do Benfica equilbrou o jogo e poderia ter marcado em duas ocasiões; uma por Rodrigo, outra por Sálvio, denunciando, eventualmente,  uma forma ainda pouco apurada, talvez até alguma ansiedade.
 
Três lesões num jogo é demasiado; terão resultado de "naturais" incidências do jogo ou serão consequência das habituais vicissitudes da pré-época? Oxalá não haja nada de grave com nenhum dos lesionados.
 
Markovic, mais uma vez, mostrou que é um jogador de eleição - partiu aquilo tudo por duas vezes! -...já estou preocupado; ainda não esqueci o Mantorras e a memória  da lesão do Rodrigo ainda está fresca; a estrutura já deve estar a trabalhar no caso.
 
Está visto que Cardozo mexeu no jogo; suscitou uma falta de Maurício passível de GP que daria a vitória ao Benfica; não fosse dar-se o caso de o "kilováte" gémeo do da 1ª parte, ter ficado por ali a pairar acabando por entrar nos olhos do inefável Hugo de má memória.
 
Não há dúvida que a qualidade da equipa  do Benfica está lá, até mais diversificada do que na época passada, e virá ao de cima progressivamente, à medida que a confiaça e a forma física dos jogadores se forem restabelecendo. Espero que tal ocorra rápidamente.
 
Confesso que, relativamente ao futebol em geral e ao português em particular, sou um cético; as evidências de condicionamento desportivo são muitas desde há muitos anos. O Sporting encontra-se na situação de insolvência virtual; os seus credores estão " a arder" e, quanto a mim, já mexeram os pauzinhos para garantir a recuperação desportiva e económica viabilizando o resgate regular dos correspondentes financiamentos.
 
Não acredito nos sorteios desportivos, julgo que os clubes que calharam nas duas primeiras jornadas ao Sporting e lhe permitiram folgadas goleadas, terá sido resultado de um arranjo dos "controladores" do "sistema" com o fim de moralizar os leões. O Benfica apareceria desmoralizado pelo desanimador e programado início de campeonato  proporcionando a consolidação da recuperação do Sporting e confirmando o afastamento prematuro da corrida ao título por parte do Benfica.  Enquanto isso, os azuis lá vão passeando pelos relvados, de pénalti em fora-de-jogo, adversários atípicos, confiantes na inevitabilidade do ceptro!
 
Afinal, apesar de tudo, não nos saímos mal, mas, julgo que deveríamos ser mais exigentes relativamente às equipas de arbitragem e ao "sistema".

Sem comentários:

Enviar um comentário