domingo, 11 de janeiro de 2015

Benfica B-Porto B (3-2)

Um jogo interessante em que a equipa do Benfica sofreu para vencer, embora com justiça. 

Entrando " a matar", os encarnados rapidamente se colocaram em vantagem no marcador e numérica, na sequência de uma grande penalidade concretizada exemplarmente por GG a punir falta sobre si, quando, isolado na área, se preparava para o remate fatal.
 
A ganhar e em superioridade numérica, a equipa encarnada, acreditando ingenuamente numa vitória fácil, desacelerou e numa subida fortuita os azuis  fazem o empate num remate bem colocado, com Varela muito mal batido.
 
Com os azuis bem fechados atrás, e sem a intensidade ofensiva que mostrara no início, o Benfica tinha dificuldade em criar situações de golo.
 
Já no início da 2ª parte, o Porto, confiante, apesar da inferioridade numérica que não se fazia sentir no terreno, vem com tudo para cima do Benfica, virando o jogo num belo golo de Gonçalo Paciência. Aqui chegados a reviravolta parecia muito difícil. Mas aconteceu, com dois golos do jovem central Fábio Cardoso, depois de duas flagrantes perdidas de GG, isolado perante o guardião azul.
 
Estão de parabéns os bês do Benfica pela serenidade e talento que revelaram perante um adversário valoroso que quis ganhar o jogo. Esperemos porém que tenham aprendido a lição ,contra 11, 10, ou 9, nunca deve negligenciar-se o adversário e o jogo só acaba com o apito final.

Sem comentários:

Enviar um comentário