domingo, 8 de maio de 2016

Uma equipa com alma

 
  Já está!, apesar da grave contrariedade com errada a decisão do árbitro no lance de Renato na área maritimista que acabaria por ditar a expulsão deste, os bravos jogadores do Benfica, uniram-se, mantiveram.se concentrados...e ganharam justamente, merecendo até margem mais dilatada. Os golos foram fantásticos; um primor de execução, tal como as duas bolas na trave! Estão todos de parabéns.
 
   Renato Sanches foi infantil no lance do segundo cartão e Rui Vitória deveria tê-lo substituído de imediato após o primeiro; no meio campo há muito contacto físico e Renato usa muito o "cabedal"; tendo em conta o critério do juiz da partida, impunha-se a sua substituição.
 
   Estou a ouvir o Calado e não há dúvida que tem toda a razão na maneira como aprecia o silêncio da comunicação social na conferência de imprensa; de facto, Rui Vitória não dá "milho" aos jornalistas; fala sobre o jogo e não alimenta polémicas que é o que pretendem, para mal de quem tem algum decoro. Assim é que é! Querem polémica falem com as legiões verde e azul.
 
   Já Nelo Vingada não foi feliz na análise que fez ao jogo; com onze primeiro, depois com com dez, o Benfica foi sempre superior e se não obteve resultado mais robusto foi graças a Salin e ao poste.
 
  É necessário perceber o que se passa nos bastidores do futebol nacional; há muitos anos que não se via campanha tão sórdida e abrangente contra o Benfica. Sabemos que o líder é sempre o alvo dos outros; é normal nas sociedades animais, humanas ou não, mas desta vez está a ultrapassar-se tudo o que é razoável, com a conivência de quem tem a obrigação de manter a lucidez e o vínculo à verdade e ao mérito.
 
   Força Benfica!

Sem comentários:

Enviar um comentário